Não durou nem dois dias. Na terça-feira (9), o Facebook anunciou medidas para mostrar propagandas mesmo para quem usa bloqueadores. Surpresa: a comunidade já encontrou uma forma de burlar a imposição da rede social. Com apenas uma atualização nos filtros, os usuários podem evitar os anúncios no Feed de Notícias e na barra lateral do Facebook.

Por motivos óbvios, o Facebook não havia revelado exatamente como passaria por cima dos bloqueadores de anúncios. Pelo visto, o Facebook removeu códigos que deduravam explicitamente que um determinado elemento na página era propaganda. É como se os anúncios no Feed de Notícias fossem apenas uma publicação normal de um amigo seu, impedindo que o bloqueador detectasse a publicidade.

Nesta quinta-feira (11), o Adblock Plus anunciou que o filtro EasyList, também utilizado por outros bloqueadores, foi atualizado para impedir a exibição das propagandas do Facebook. O código para desbloquear o bloqueador de bloqueadores cabe num tweet:

facebook.com##DIV[id^=”substream_”] ._5jmm[data-dedupekey][data-cursor][data-xt][data-xt-vimpr=”1″][data-ftr=”1″][data-fte=”1″]

É claro que o Facebook poderá encontrar outras formas de impedir a ação dos bloqueadores. Ainda assim, o Adblock Plus diz que esta é uma briga de gato e rato: “É possível que o Facebook escreva algum código para tornar o filtro inútil a qualquer momento. Se isso acontecer, a comunidade de bloqueio de anúncios provavelmente vai encontrar outra solução, então o Facebook vai tentar contornar de novo”.

facebook-tenta-bloquear-adblock-1

Quando o Facebook anunciou a medida, decidiu alfinetar “certas empresas” de bloqueadores que tentaram fazer um acordo financeiro para colocar a rede social na lista de anúncios permitidos. A Eyeo, responsável pelo Adblock Plus, é uma das que cobra para desbloquear propagandas: segundo o Financial Times, ela pede 30% da receita dos anúncios que não seriam exibidos. Google, Microsoft e Amazon têm acordos com o Adblock Plus.

“Para esta rodada da competição de gato e rato, parece que o rato ganhou”, diz o Adblock Plus. Parece que teremos novos capítulos em breve.

via